Sábado
29 de Janeiro de 2022 - 

Newsletter

Atualizações Jurídicas

Salão do Júri de Santa Cruz do Sul passa a ser denominado de Juiz Gerson Luiz Petry

  "O vírus pode atacar as pessoas fisicamente, mas o espírito daqueles que marcaram a história, como foi o caso do magistrado  Gerson Luiz Petry,  é imaculado. Ele é eterno e não  é abatido, porque  permanece entre nós, com seu legado que é motivo de orgulho não apenas para a sua família, mas também para seus amigos e colegas".  A declaração foi do Presidente do Tribunal de Justiça, Desembargador Voltaire de Lima Moraes, durante o Ato de Nominação do Salão do Júri Juiz Gerson Luiz Petry, no Foro da Comarca de Santa Cruz do Sul. 'É um momento de saudade, mas também de reconhecimento pela trajetória deste juiz exemplar, que era um homem extraordinário", disse o Presidente, de forma emocionada, durante o seu pronunciamento. Ele recordou que a iniciativa referente à homenagem ao magistrado falecido em fevereiro deste ano, proposta pela OAB Subseção de Santa Cruz, foi aprovada de forma unânime  pelo Órgão Especial do TJRS, cujo relator foi o 2º Vice-Presidente, Desembargador Ícaro Carvalho de Bem Osório. O Diretor do Foro da Comarca de Santa Cruz, Juiz de Direito André Luís de Moraes Pinto, também emocionado, lembrou das características do homenageado durante a sua manifestação. "Ele não suportava ver injustiças, e  era um homem autêntico que acabou enfrentando este  inimigo cruel e impiedoso que é o vírus  da COVID", disse ele. "O colega Gerson tinha todos os predicados de um magistrado com rigor ético ao extremo e muito criterioso, que transmitia segurança aos jurisdicionados". afirmou. O ex-presidente da OAB subseção Santa Cruz Ezequiel Vetoretti também usou a tribuna para falar sobre o magistrado. "Todos aqui possuem  histórias de aprendizado com o Doutor Gerson, que  era um conhecedor dos Direitos Humanos e tratava a todos com respeito, educação e ética", disse ele, parabenizando o Judiciário Gaúcho pela homenagem. Já o representante do Ministério Público, Flávio Eduardo de Lima Passos, em seu pronunciamento, disse que "o Juiz Gerson sempre foi imparcial e reconhecido pela sociedade", salientou ele, parabenizando o Presidente Voltaire pela justa e merecida homenagem. O sobrinho do homenageado, Gustavo Petry, usou a palavra em nome dos familiares para agradecer a iniciativa de colocar o nome do seu tio no Salão do Júri. "Era uma  pessoa simples, discreta e  com senso de justiça inabalável. Foi vítima da COVID, este vírus que  trouxe a amarga experiência do adeus sem despedidas", disse ele. Também participaram da cerimônia a Prefeita de Santa Cruz do Sul, Helena Hermany, os representantes, da Defensoria Pública, Fernando Scheffel, e da OAB, Rosemari Hoffmeister, além do 2° Vice-Presidente do TJRS, Desembargador Ícaro Carvalho de Bem Osório, a Presidente do Conselho de Administração, Planejamento e Gestão, Desembargadora Iris Helena Medeiros Nogueira, as Juízas-Corregedoras Taís Culau de Barros, coordenadora da região, e Patrícia Boschetti Marcon, além do Vice-Presidente da AJURIS, Desembargador Cláudio Luís Martinewski e magistrados da Comarca de Santa Cruz do Sul.      
26/11/2021 (00:00)
© 2022 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.